top of page

Adubação Orgânica



A adubação orgânica consiste na utilização de resíduos ou subprodutos de outras atividades, que possuam teores consideráveis de nutrientes e que podem atuar incrementando o teor de matéria orgânica do solo.


Além de ser uma prática de baixo custo, a adubação orgânica possibilita o aumento da atividade biológica, ação condicionadora no solo, fornecimento de micronutrientes e aumento da matéria orgânica pois recebe nutrientes variados e de diferentes fontes.


Existem ainda alguns problemas na má utilização da adubação orgânica, como o desbalanço de nutrientes (quantidade de nutrientes existente nas fontes orgânicas não está de acordo com a necessidade das culturas). Para que não aconteça o desbalanço é importante conhecer o solo e realizar uma análise. Dentre as diferentes formas de produzir e encontrar adubo orgânico, temos:


Dejetos de animais: Exemplo, dejetos de suínos que possuem de 3-4% de nitrogênio (sendo de 2-3% de nitrogênio amoniacal) e de 2-3% de fósforo. É uma fonte interessante, devido ao nitrogênio prontamente disponível e pela disponibilidade constante, caso exista na propriedade. Deve-se evitar aplicar diretamente nos frutos, pelo risco de contaminação com microrganismos causadores de doenças.


Vermicompostos: Para o processo, são utilizadas caixas de compostagem. É um método que utiliza minhocas além dos microrganismos naturais para degradar a matéria orgânica. O processo ocorre mais rápido que a compostagem sem minhocas e produz como substrato o húmus de minhoca. Este é um adubo rico em nutrientes e ótimo para as plantas.


Cinzas de casca de arroz: Possuem um pequeno efeito de correção de acidez e são fontes de macro e micronutrientes


Composto orgânico: São materiais livres de patógenos que favorecem o acúmulo de matéria orgânica e são condicionadores de solo. Podem ser de origem animal ou vegetal como frutas, verduras, esterco, gramíneas, folhas e flores mortas.


Bokashi: Produzido através de torta de mamona, farelo de trigo e microrganismo ativado. Serve para melhorar as condições e promover o equilíbrio biológico do solo, com a armazenagem e drenagem disponibilizando mais nutrientes.


A prática de adubação orgânica merece atenção não apenas por ser uma alternativa viável e de baixo custo, mas também por se tratar de uma técnica capaz de melhorar a fertilidade do solo.


A Rural Consultoria Júnior é especialista em fertilidade do solo e práticas de adubação orgânica! Agende já um diagnóstico!



 


0 comentário

Comments


bottom of page