top of page

A Importância da Matéria Orgânica





O que é a matéria orgânica?


A matéria orgânica pode ser definida como uma mistura de resíduos animais e vegetais que estão acumulados no solo ou dispostos em sua superfície, na forma viva ou em algum estágio de decomposição, como, por exemplo: dejetos de animais, raízes de plantas, restos de cultura, folhas que caíram de árvores, microrganismos presentes no solo, entre outros.


Como a matéria orgânica é formada?


Ela serve de alimento para os macro e microrganismos presentes no solo, que agem como decompositores, proporcionando resíduos em pedaços menores para que seja possível se alimentar. Conforme os microrganismos vão se alimentando desses resíduos que a matéria orgânica se forma e se modifica.

Além disso, a velocidade dessa transformação depende do clima e da relação entre os teores de carbono e nitrogênio (quanto maior essa relação, mais demorada será a decomposição do material), onde galhos de árvores e serragem, sendo materiais que possuem maior “dureza”, se decompõem mais lentamente.


Qual a importância da matéria orgânica?


A matéria orgânica é importante pois fornece nutrientes, atuando como um tipo de fertilizante, melhorando a fertilidade do solo. Tendo em vista tal informação, considera-se também que a matéria orgânica é capaz de realizar algo que nenhum outro insumo sintético consegue fazer com excelência: suprir os nutrientes das culturas e melhorar as condições do solo, tanto biológicas quanto físicas. Em resumo, a matéria orgânica “dura”, mais difícil de decompor, age como “condicionadora de solo”, enquanto a matéria orgânica mais “macia” e mais fácil de decompor, age como fertilizante.


Para que seja possível ter os dois efeitos (tanto condicionador como fertilizante), é necessário mesclar a adubação verde com a adubação orgânica, o que manterá a fertilidade do solo, bem como boas condições físicas, tal qual um solo solto e aerado.

Além disso, a matéria orgânica do solo tem forte influência no crescimento das plantas com o seu efeito em propriedades químicas, físicas e biológicas, podendo agir como agente cimentante, favorecendo a agregação e as trocas gasosas e também a capacidade do solo de reter água.


No quesito químico, ela tem capacidade de complexar os metais presentes no solo, o que reduz a toxicidade dos íons, como o alumínio, além de melhorar a fertilidade do solo e a distribuição de nutrientes, como nitrogênio, potássio, fósforo, cálcio e magnésio.


Já no caso das propriedades físicas, o solo sofre uma melhoria na agregação de suas partículas, na retenção e infiltração de água e também nos aspectos de densidade, porosidade e aeração, que são atributos que influenciam fortemente na qualidade do solo, atuando sobre o movimento de água, ar e solutos, e também no controle da compactação do solo.


Em solos tropicais, a matéria orgânica tem muita importância no fornecimento de nutrientes como nitrogênio, fósforo e enxofre, que são essenciais para os organismos vegetais, fazendo parte das unidades estruturais dos mesmos.



A Rural Consultoria utiliza práticas para manter e aumentar a matéria orgânica!


Estamos há mais de 12 anos atuando no mercado agrícola, proporcionando soluções personalizadas! Para um planejamento especializado, entre em contato conosco.



 








コメント


bottom of page